Muito tempo sem atualizar. Uma porção de coisas aliás!…
Tantos novos caminhos que surgiram durante TODO esse tempo, que nada como um tempo arranjado pela chuva pra deixar algumas considerações por aqui.

A cada limite meu ultrapassado,  minha maior conquista não é onde chego ou o resultado em si.  Ainda que válidos e alcançados sob muito trabalho, o que me enobrece são as grandes e tão significativas pessoas que encontro e que tem rodeado minha vida de vários modos.

Eu passei boa (enorme-quase-toda) parte da minha vida acreditando num só caminho. Que eu só poderia me realizar integralmente sendo uma só e empenhando toda minha força nisso. Apesar dos muitos conselhos e avisos, só enxergamos por conta própria e nisso, muito tempo passou sem que experimentasse outras formas de “sucesso”.
E foi quando me abri para mais possibilidades, talvez nesse caso, profissionalmente falando, foi onde entendi uma porção de coisas.

Ainda sobre coisas;
Muitas coisas foram embora. O que não saiu espontaneaente, eu retirei do caminho. Pensei, avaliei o que não fazia mais parte, o que não cabia, o que não acrescentava. E isso requer pulso, viu? Ou então você acaba entrando numa de insistir no erro, num ciclo de autosabotagem… enfim!
Eu acho que nossa capacidade de adquirir *coisas boas é limitada. Não, não é limitada mas tem um limite. É preciso abrir espaço entre o que não serve mais pra então virem os bons fluídos – aquela historia que sempre digo de abandonar os proprios velhos conceitos.

Para parar de falar metaforicamente, vamos lá:
A pista de atletismo.
Deve ter doce lá. Ou o meu tipo de doce, porque olha?… Sair de casa pra correr embaixo de um sol de 38 graus às  2hs da tarde de Rio Preto, ficar levantando peso, puxando ferro, subindo em corda, e saltando com uma vara de 3m… e ainda voltar no dia seguinte todos os dias, tem que existir um bom argumento.
Mas são as pessoas! E que lugar pra encontrar pessoas!

A começar pelo MEU SUPER TREINADOR E MELHOR AMGO DO MUNDO  e de quem eu sou fã  de-cla-ra-da!

Afinidade é uma questão de encontros. Encontros da vida. E esse foi um reencontro eu diria. Mas eu vou economizar aqui, pois breve vou escrever um post especialemnte falando sobre isso. Meu treinador olimpíco favorito! rs E não só pelo treinador mas todos do meu ciclo de amizades lá. Eu já disse que atleta é um bicho diferente. Tem sonhos, ímpetos, gana, garra, princípios. Não todos, mas os melhores tem.Para não mencionar também os para-atletas e PARA TUDO: se voce nunca teve um contato minimo com eles, garanto a você que você não sabe nada da vida. Esses sabem. E eu aprendo todos os dias.

A Cia dos Pés.
O trabalho é muito além do que se vê. Os conceitos, o ponto de partida, a criatividade,o lugar, os lugares, as possibilidades e ah!.. as pessoas!… Estas sim fazem valer a pena e depois de tantas curvas no caminho, me fazem sentir vontade de vestir a camisa. Me pondo a prova o tempo todo, me propondo em impondo desafios e dando espaço para a criação. Para a pessoalidade, para a personalidade. Também são encontros! Esse possivelmente pela similaridade de pensamento, fundamento. E/ou pela trajetória um tanto que parecida que faz pensar e fluir tão bem!

Meus Alunos. E dos novos alunos qe chegaram.
Desses eu não preciso dizer muito. Alias se disser demais dá nó na garganta. São o meu maior motivo. De quem eu sempre reafirmo a vontade de oferecer tudo que posso e doação integral. Dos mais próximos e especiais, os melhores encontros!

Fazia muito tempo qe não postava nada por aqui e dessa vez vou tentar ser mais constante. É escrevendo que me organizo e ajusto as idéias.
Sobre novidades, coisas e encontros é isso!… Na verdade é muito mais mas por ora, é só!…

E vamos seguindo!.. Um beijo pra quem veio!